Todos os dias a indústria da moda enfrenta grandes desafios com a poluição causada por métodos de fabricação que geram muito desperdício, onde toneladas de retalhos de tecidos e couros são jogados fora. Pensando nisso, a marca indiana TRMTAB traz uma proposta diferente e direcionada ao upcycling, onde os retalhos que sobram da fabricação de acessórios, que antes iam para aterros sanitários, agora são reciclados e ajudam a reduzir o desperdício.

A TRMTAB foi criada justamente com o objetivo de utilizar os resíduos de produção de confecções de roupas ou acessórios e transformá-los em sofisticadas capas de couro upcycling para dispositivos eletrônicos, como computadores, celulares, entre outros, além fazerem bolsas e sapatos. As co-fundadoras da marca trabalham em parceria com a fábrica de couros Prachi (localizada também na Índia), reduzindo não apenas o desperdício da mesma, mas também criando elegantes artigos para a própria marca.

Cada coleção de edição limitada é feita por artesãos, que utilizam os retalhos da produção da fábrica para criar tiras de couro, que serão entrelaçadas, e se transformarão em uma combinação única de cores, texturas e acabamentos. Apesar dos retalhos chegarem em diferentes formas e tamanhos, o que torna mais difícil de se trabalhar, os artesãos criaram um processo eficiente para reutilizar os resíduos, entrelaçando as tiras e costurando-as em algodão.

O nome TRMTAB foi inspirado no termo criado pelo teórico Buckminster Fuller. Ele disse a famosa frase “chame-me trimtab”, referindo-se a uma superfície pequena na extremidade de um leme de navio, o qual com um pouco de pressão, pode mudar a direção do navio. Dizia ainda que uma pessoa pode ser um trimtab fazendo pequenas mudanças que levam a um grande impacto.

O processo utilizado pela TRMTAB é uma solução inteligente para um problema mundial complexo, servindo como um lembrete de que todos podem fazer grandes mudanças. E essa é apenas a sua primeira pequena mudança.

Confiram o vídeo de produção dos produtos:

 

Fonte: StyloUrbano

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.